#orumoaos250 de António Mateus Cruz celebra tradições de Almoçageme

Para assinalar os 250 anos dos festejos em honra de Nossa Senhora da Graça, António Mateus Cruz, lançou o seu 2.º livro intitulado, #orumoaos250, que nos conduz por uma viagem à alma.

A obra de António Mateus Cruz retrata Almoçageme, os afetos e a memória coletiva do lugar, tendo como fio condutor os festejos dos 250 anos da Padroeira da terra e o “rumo” feito esta data. O autor explica no livro a sua relação com a aldeia, nem sempre linear, mas como refere “Almoçageme é uma espécie de freguesia, dentro da própria freguesia de Colares e quem vem de fora precisa do seu tempo”. 

#rumoaos250anos é uma homenagem, explica António Mateus Cruz, que “em 2013 um grupo de jovens almareados arregaçou as mangas para que a tradição da secular Festa de Almoçageme não parasse e chegasse aos duzentos e cinquenta anos. Neste movimento de união e dedicação, inundaram-se as redes sociais e estamparam-se em camisolas o hashtag #rumoaos250anos”. Entre esses jovens estava Cláudio Panta Nunes, ex-membro dos Corvos - banda portuguesa de rock instrumental – precocemente falecido por motivos de doença”, a quem o autor dedica o seu livro a “Almoçagemense de gema”.

A obra inclui dois prefácios, um deles escrito por António Correia de Campos, jurista e ex-ministro da Saúde, outro por Miguel Esteves Cardoso, que nutre um amor especial por Sintra, particularmente por Almoçageme, aldeia onde reside. As receitas das vendas desta edição, com mais de 350 fotografias, contextualização histórica e muita recolha de testemunhos orais, é inteiramente dirigida à Comissão de Festas de Nossa Senhora da Graça. 

Este livro de capa dura, com um total de 224 páginas, tem uma tiragem única de 1000 exemplares e pode ser adquirido em várias referências do comércio local, na loja online da Parques de Sintra Monte da Lua, entre outros...