Gala de Ópera com lotação esgotada

A Gala de Ópera que irá ter lugar no Palácio Nacional de Queluz, no dia 12 novembro, esgotou em apenas 24 horas.

Para o presidente da autarquia de Sintra, Basílio Horta, a adesão do público à programação cultural é “o melhor testemunho do sucesso das atividades desenvolvidas pela autarquia e, simultaneamente, da vontade de todos em voltarem aos concertos de música, ao teatro, à dança ou a visitar exposições”.

Integram o elenco deste espetáculo alguns dos melhores artistas nacionais, como: Patrycja Gabrel; Patrícia Quinta; Marco Alves dos Santos e Luís Rodrigues, acompanhados ao piano por Francisco Sassetti, que irão fazer desta uma noite singular onde a emoção e intensidade da Ópera se fará sentir.

O espetáculo, promovido pela autarquia de Sintra, ficará a cargo do Sintra Estúdio de Ópera, que desenvolve a sua atividade desde 1999 e promove o trabalho de investigação histórica, recuperando e promovendo o património musical português dos séc. XVIII e XIX. O Sintra Estúdio de Ópera tem apresentado as suas produções, desde música de câmara à ópera, ou a concertos coral-sinfónicos, em todo o país tendo também apresentado o seu trabalho no Brasil, Holanda e Suíça.

Esta noite de Ópera insere-se na programação cultural gratuita promovida pela Câmara Municipal de Sintra.


*De acordo com as novas resoluções do Conselho de Ministros, a hora de início do espetáculo foi alterada para as 21h00 não podendo exceder as 22h15.