Dança reencontra-se no palco do Festival de Sintra

Outros
Amaramalia_750x4006
Data: 2021-06-18 21:00

A dança está de volta ao Festival de Sintra com a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, coreografada por Vasco Wellenkamp com o espetáculo “Amaramália – in memoriam”, no dia 18 de junho, pelas 21h00, no Centro Cultural Olga Cadaval.

Vasco Wellenkamp regressa ao Festival de Sintra com um dos maiores êxitos do seu brilhante percurso de coreógrafo com a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, ‘Amaramália’. Estreado em 1990, em Genebra, ‘Amaramália’ já mudou várias vezes de pele, sem perder a matriz original de homenagem à diva do fado, cujo centenário do nascimento originou a versão que agora estreia no Centro Cultural Olga Cadaval: ‘Amaramália – in memoriam’.

A Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo (CPBC), fundada em 1998 por Vasco Wellenkamp e Graça Barroso, foi criada como uma companhia de repertório, na linha técnica e estética do Ballet Gulbenkian. Até ao presente, estreou mais de oitenta obras. Desde a sua fundação tem atuado não só por todo o País, mas também na programação de vários teatros internacionais, tais como: Brasil; Itália; Espanha; Áustria; Alemanha; Luxemburgo; EUA; China; Israel; Holanda e Coreia do Sul.

Até 29 de junho, a Câmara Municipal de Sintra apresenta um festival que traz a Sintra grandes nomes do panorama nacional e internacional e ficará marcado, igualmente, pelo regresso da dança e dos bailados a Seteais. Sob o signo do “Reencontro”, o 55.º Festival de Sintra pretende celebrar a vida e o reencontro da fruição da arte ao vivo, em Património e na Natureza, no território histórico e natural que comemorou em 2020 o 25º aniversário da sua inscrição como Património da Humanidade pela UNESCO.

Mais informações AQUI

Bilhetes à venda na Ticketline

 

 

Todas as datas


  • 2021-06-18 21:00