Image

Sucesso de Sintra na criação de emprego e da Startup destacado em Helsínquia

A experiência da Startup Sintra e as baixas taxas de desemprego no município, estiveram em destaque esta terça-feira na Assembleia das PME em Helsínquia.

O novo papel das cidades e regiões na promoção do empreendedorismo e das PME, foram o tema da reunião da assembleia das PME, em organização conjunta da União Europeia e do governo Finlandês, que preside atualmente ao Conselho Europeu.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra destacou, durante a assembleia, o exemplo da Startup de Sintra que ainda recentemente lançou no mercado 10 novas empresas tecnológicas. E lembrou ainda o facto de, apenas em dois anos (2013-2015), terem sido criados cerca de 6 mil novos empregos em Sintra, dado que explica a baixa taxa de desemprego que se situa em 4,1%.

Outros temas mereceram a atenção dos intervenientes, tais como o empreendedorismo jovem e o empreendedorismo social como ferramenta  de inclusão para deficientes e imigrantes. 

Também neste domínio, Basílio Horta partilhou as experiências de Sintra na implementação de projetos como a Fablab- Fábrica do Empreendedor, o programa Sintra Inclui, Sintra Integra e, ainda, o Plano Municipal de Acolhimento e Integração de Imigrantes.

O Presidente da Câmara sublinhou a importância e a necessidade da União Europeia definir uma estratégia clara relativamente à evolução das PME e dos mecanismos que devem fomentar e acompanhar esta mesma estratégia. A comissão ECON, em cuja representação o Presidente da Câmara de Sintra participou nesta reunião, será o local próprio  para a abordagem da evolução das PME e do papel que as autoridades locais e regionais devem assumir nessas matérias quanto ao futuro das PME. 

A discussão travada foi um bom ponto de partida para o desafio da renovação do tecido industrial e para a abordagem de questões relacionadas com a sustentabilidade e com o desenvolvimento inclusivo.

Image
Image