Image

Medidas preventivas para travar o coronavírus  

O recente surto do coronavírus, uma nova estirpe de vírus, com origem na China, que debilita profundamente o sistema respiratório do ser humano podendo causar uma infeção respiratória grave, impõe que as autoridades responsáveis implementem medidas preventivas para travar a propagação deste vírus e impedir que a mesma dê lugar a uma epidemia que pode ser letal no ser humano, sobretudo nas pessoas com sistema imunológico mais deficitário ou portadoras de uma doença crónica e, por isso, mais suscetíveis a doenças infectocontagiosas.

Apelidado pela comunidade científica de coronavírus 2019-nCoV, esta nova estirpe de vírus pertence à família dos coronavírus, um grupo que reúne agentes infeciosos responsáveis por sintomas, semelhantes aos de uma gripe comum, como tosse, febre, faltas de ar e outras complicações que afetam o sistema respiratório, podendo ainda apresentar sintomas de uma doença mais grave, como a pneumonia. O novo vírus propaga-se por transmissão de pessoa-a-pessoa podendo gerar uma epidemia caso não se atue em conformidade.

O Município de Sintra, atento às recomendações das autoridades de saúde responsáveis (DGS - Direção-Geral da Saúde, SNS - Serviço Nacional de Saúde, ARSLVT - Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e ACES Sintra - Agrupamento de Centros de Saúde de Sintra), alerta para MEDIDAS PREVENTIVAS, simples e eficazes, que ajudam a travar a disseminação do novo coronavírus:

 - mantenha-se hidratado

- lave com maior frequência as mãos com água e sabão

- cuide bem da saúde

- tenha o boletim de vacinas em dia

- evite o contacto com pessoas vindas de zonas com casos confirmados da doença

- se realizou uma viagem recente à China ou esteve em contacto com um doente infetado LIGUE 808 24 24 24 – Centro de contacto SNS 24

- evite a disseminação de microrganismos, se tossir ou espirrar COLABORE e ATUE em conformidade com os procedimentos referidos no folheto informativo “ETIQUETA RESPIRATÓRIA”.

 

Além destas medidas preventivas amplamente divulgadas pelo Serviço Nacional de Saúde e pela Direção-Geral da Saúde, o Presidente da Câmara Municipal de Sintra, na qualidade de Diretor do Plano Municipal de Contingência para a Infeção Covid-19, decidiu implementar localmente um conjunto de medidas extensivas a diversas realidades do nosso município, que deverão ser urgentemente acauteladas por forma a impedir o avanço do surto epidémico. Veja mais AQUI.

 

Consulte AQUI o folheto “ETIQUETA RESPIRATÓRIA” do Serviço Nacional de Saúde