Encerramento do Programa de Formação e Capacitação para Pessoal Não Docente de Sintra

O Centro Cultural Olga Cadaval será palco para a cerimónia de encerramento do “Programa de Formação e Capacitação de Pessoal Não Docente das Escolas de Sintra”, promovido pela Câmara Municipal de Sintra, no dia 13 de julho, das 17h00 às 19h00.

A sessão de abertura do evento irá contar com a presença do presidente da autarquia de Sintra, Basílio Horta, e a sua realização pretende ser um momento de partilha dos resultados alcançados após o período de formação e capacitação do projeto, que abrangeu mais de 570 profissionais.

O “Programa de Formação e Capacitação de Pessoal Não Docente das Escolas de Sintra” foi apresentado pela Câmara Municipal de Sintra, em 2017, aos Planos Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar, que compreendeu um programa intensivo, de formação e capacitação em contexto, direcionado a cada unidade educativa.

Desenvolvido pela Associação de Professores de Sintra, com o apoio do Município de Sintra, este programa constituiu uma vasta equipa de formadores especializados em diferentes áreas de intervenção, de forma a responder à diversidade de necessidades identificadas, nomeadamente:

  • Educação Inclusiva;
  • Comunicação Assertiva;
  • Autorregulação e Gestão de Conflitos;
  • Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais;
  • Biblioteca Escolar e Literacias;
  • Parentalidade;
  • Primeiros Socorros.

O modelo de formação implementado previu um conjunto base de horas de formação em que foram abordados os temas mencionados, complementado com horas de capacitação, em contexto escolar, e nas quais foram desenvolvidos projetos em equipa de desenvolvimento pessoal e profissional e/ou de intervenção em meio escolar.

Este encontro está incluído no Projeto “Planos Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar no Concelho de Sintra”, cuja candidatura ao Programa Operacional Regional de Lisboa 2020 representa um investimento valor global de 1.953.783,46 €. A verba envolvida conta com uma taxa máxima de comparticipação comunitária (Fundo Social Europeu) até 50%, sendo os restantes 50% da responsabilidade do Município.

Image
Image
Image