Feira das Mercês e Festival de Teatro de Sintra em destaque este fim de semana

A Feira das Mercês e o Festival de Teatro de Sintra são os grandes destaques para visitar Sintra este fim de semana.

A Feira das Mercês é uma das feiras mais antigas da região de Lisboa contando mais de 250 anos e realiza-se nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de outubro, com animação etnográfica saloia, espaços de restauração, bancas de artesanato, área infantil e espetáculos de palco.

A Câmara Municipal de Sintra promove o Festival de Teatro de Sintra em diversos locais do concelho.

No dia 18 de outubro, às 21h30, o Grupo de Teatro União apresenta “Amor de Perlimplim”, na Sociedade União Sintrense.

No dia 19 outubro, às 21h30, “Os vizinhos do rés-do-chão”, pelo Grupo de Teatro "Os Teimosos" sobem ao palco da Sociedade Filarmónica Boa União Montelavarense.

“Fragmentos de Amália” é a peça do Grupo de Teatro da Associação Cultural, Social e Recreativa de Cabriz que sobe ao palco da sua sede, no dia 20 de outubro às 15h00.

A Biblioteca Municipal de Sintra vai promover o workshop “Leituras em Família – Bruxinhas Voadoras”, no dia 19 de outubro, às 16h00, com entrada gratuita. Esta atividade é destinada a famílias com crianças maiores de 4 anos e carece de inscrição prévia.

A Casa dos Hipopómatos vai dinamizar uma Hora do Conto e o Workshop “Folhas de Outono, segredos de todo o tamanho”, no próximo sábado, dia 19 de outubro, às 15h00. Trata-se de uma atividade que pretende dar as boas vindas ao outono. O livro Um Segredo do Bosque é o ponto de partida.

O MU.SA – Museu das Artes de Sintra vai ser palco para o lançamento do livro “Histórias Reais de um Amor Eterno”, de José Portinha, no dia 19 de outubro, às 15h30.

“Agricultores e Pastores da Pré-História – Testemunhos da Região de Sintra” é a mostra que está patente no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, onde se reúnem mais de 500 objetos que testemunham a densa ocupação humana de Sintra durante a Pré-história recente, ou seja, desde meados do 6.º milénio (Neolítico antigo) até finais do 3.º milénio A.C. (Calcolítico final).

O MU.SA – Museu das Artes de Sintra tem patente a exposição “O Espaço ilimitado da pintura” obras da coleção de Nadir Afonso, que se insere nas comemorações do centenário do nascimento do pintor, datado de 4 dezembro de 1920. Grande parte das obras expostas são da coleção de Laura Afonso, viúva do pintor, e da Fundação Nadir Afonso.