Encontro de Alternativas na Quinta da Ribafria em destaque este fim de semana

web HDRribafria

Encontro de Alternativas, Festa do Morango e o concerto de encerramento do Festival de Sintra são algumas das propostas para visitar Sintra este fim de semana.

A Quinta da Ribafria vai ser palco para a 12ª edição do Encontro de Alternativas em Sintra, este ano dedicado ao tema “Mãe Terra”, que se realiza de 26 a 28 de maio, com entrada livre.

Brincar com as palavras, descobrir novos sentidos e criar histórias na ocupação da folha em branco são os ingredientes principais de um ateliê de escrita criativa, que irá realizar-se na Biblioteca de Sintra, a 27 de maio, pelas 16h00.

Um homem chega a um ponto sem retorno. Será ele capaz de descodificar a mensagem do destino? Ou irá apenas viver uma ilusão? “A Viagem” é isso mesmo, uma jornada às catacumbas da intimidade de um homem, para ver na Casa de Teatro de Sintra, a 26 e 27 de maio, às 21h30.

“Tipo Anti-Herói” é o quarto solo de stand-up, que Salvador Martinha vai apresentar no Centro Cultural Olga Cadaval, no dia 26 de maio, às 21h30.

Para assinalar a grande multiplicidade cultural da freguesia de Agualva, vai ter lugar a 2ª edição do Encontro de Culturas, no dia 27 de maio, no Largo da República. Com esta iniciativa, pretende promover-se a interação intercultural e, acima de tudo, fomentar a integração da população.

O Mercado Municipal da Estefânia vai ser palco da Festa do Morango, que se realiza no dia 27 de maio, das 09h00 às 13h00, com entrada livre.

Além da venda e exposição de morangos, a iniciativa conta também com degustação de produtos com base neste fruto, bem como animação musical.

O Festival de Sintra encerra com um concerto gratuito, no dia 27 de maio, às 21h30, no Largo do Palácio Nacional de Queluz, que permite o acesso do público geral à grande música. O “Concerto Promenade” conta com a colaboração da Banda Sinfónica do Exército, do Coro Lisboa Cantat e de três dos mais promissores cantores portugueses: a soprano Carla Simões, o tenor Pedro Rodrigues e o barítono Diogo Oliveira.

Cartas e desenhos trocados entre Viera da Silva e Arpad Szenes são o mote da exposição "Escrita Íntima", que vai estar patente no MU.SA - Museu das Artes de Sintra até 3 de setembro.

Image