Image

Camerata Alma Mater e Coro Voces Caelestes encerram Festival de Sintra

Em torno da Missa nº 2 de Schubert e do ambiente romântico do vale luxuriante de Colares, a Camerata Alma Mater e o Coro Voces Caelestes encerram Festival de Sintra, no dia 14 de outubro, às 21h30, na Igreja de Colares.


Fundada recentemente, a Camerata de cordas Alma Mater é constituída por jovens talentos portugueses, já com grande distinção no panorama musical nacional e internacional. Os elementos que integram este ensemble são vencedores de várias edições do Prémio Jovens Músicos, e distinguidos com prémios em concursos internacionais. Nos seus currículos contam-se lugares de destaque, entre os quais chefes de naipe de orquestras profissionais, residências artísticas, e atividade camarística regular e de grande relevo.

A Camerata Alma Mater conta ainda com os prestigiados pedagogos destes jovens talentos, Aníbal Lima (violino) e Paulo Gaio Lima (violoncelo), que mantêm ainda uma carreira artística inconfundível.

Voces Caelestes é um grupo vocal de constituição variável, de acordo com as exigências das obras a interpretar. Esta característica, aliada à vasta experiência dos cantores que o integram – que se estende da música medieval à criação musical contemporânea –, permite às Voces Caelestes abordar um extenso repertório.

Assim, desde a sua estreia, em 1997, o grupo tem interpretado obras de Machaut, Ciconia, Lantins, Dufay, Josquin, Lasso, Victoria, Gesualdo, Monteverdi, Allegri, Buxtehude, Bach, Händel, Vivaldi, Scarlatti, Haydn, Schubert, Beethoven, Brahms, Debussy, Ravel, Franck, Grieg, Stanford, Britten, Lloyd Webber, Pärt e Lopes-Graça, entre outros.

Mais informações em www.festivaldesintra.pt

Bilhetes à venda em https://ticketline.sapo.pt/evento/camerata-alma-mater-e-coro-voces-caelestes-36625