Image

Atividades em família, tardes de dança e exposições em destaque este fim de semana

No âmbito da comemoração do Dia Mundial do Braille e inserido na atividade "Sábados em Família", o Museu Anjos Teixeira vai dinamizar no dia 12 de janeiro, sábado, pelas 16h00, um ateliê que pretende surpreender os visitantes com uma mostra do muito que se pode fazer quando o sentido da visão não pode ser utilizado.

Organizadas pela Junta de Freguesia de Queluz e Belas, as tardes dançantes estão de volta este sábado, dia 12 de janeiro, pelas 15h00, no Salão Nobre da Associação dos Bombeiros Voluntários de Belas, com entrada livre.

“Vida e obra de Artur Anjos Teixeira” é o nome da exposição temporária que será inaugurada no dia 12 de janeiro, sábado, pelas 16h00, no Museu Anjos Teixeira - Sala dos Animais, com entrada gratuita.

A exposição “Retratos e Caricaturas: Traços da Alma”, com trabalhos dos utentes da Casa de Saúde do Telhal e Coleções do Museu São João de Deus, na Casa da Lívio de Morais, será inaugurada dia 12 de janeiro e estará em exibição até dia 17 de fevereiro. A inauguração está marcada para as 16h00, realizando-se antes um Recital de Guitarra por Miguel Almeida, solista do Sintra Estúdio de Ópera.

A Galeria Municipal – Casa Mantero vai receber a exposição de fotografia “#UNGAPIT Project”, de José Palma, patente de 12 de janeiro a 23 de fevereiro.

“Agricultores e Pastores da Pré-História – Testemunhos da Região de Sintra” é a mostra que está em exibição no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, em Sintra. Reúnem-se mais de 500 objetos que testemunham a densa ocupação humana de Sintra durante a Pré-história recente, ou seja, desde meados do 6.º milénio (Neolítico antigo) até finais do 3.º milénio A.C. (Calcolítico final).