5.ª edição do Muscarium em destaque este fim de semana

O Festival Muscarium e o Festival de Música de Sintra são algumas das sugestões para visitar Sintra este fim de semana.

A 5.ª edição do Festival de Artes Performativas de Sintra Muscarium traz dança, música e teatro a vários palcos do concelho de Sintra, de 12 a 22 de setembro.

O programa de dez dias contempla seis peças de teatro, quatro concertos, quatro espectáculos de dança, workshops e um espetáculo para crianças. Com um programa diversificado e concertos de alguns dos mais relevantes nomes da música nacional e internacional, este festival assinala a abertura da nova temporada da programação do Teatromosca e do AMAS - Auditório Municipal António Silva, em Agualva-Cacém.

O 54.º Festival de Sintra continua a trazer grandes nomes nacionais e internacionais este fim de semana a Sintra. As igrejas de Belas, no dia 13 de setembro às 21h30, e de Montelavar, dia 14 de setembro às 21h00, vão receber “Variações Goldberg de J. S. Bach” pelo trio constituído por Pavel Gomziakov, Tatiana Samouil e Natalia Tchitch.

No dia 15 de setembro, às 18h00, o Palácio de Queluz vai ser o palco para o concerto “Women Under Influence” com a soprano Ana Quintans e Filipe Raposo ao piano.

O Centro Cultural Olga Cadaval recebe no dia 15 de setembro, às 21h30, a Orquestra Jovem “Sopros de Sintra” com a soprano Sandra Medeiros sob direção do maestro Alberto Roque.

Sábado, dia 14 de setembro, às 15h00, vai ser inaugurada a exposição SERigrafar, da Renata Bueno, na Casa dos Hipopomatos e do domingo, dia 15 de setembro, pelas 16h30, poderá assistir à cerimónia de lançamento do livro “Quando Vou Dormir o Mundo Para” das autoras Leonor Tenreiro e Rachel Caiano.

O Museu Anjos Teixeira tem patente até dia 5 de janeiro a exposição “Nú”. A mostra pretende exibir a visão de cada mestre em relação ao corpo humano e à sua nudez, com esboços elaborados pelos mesmos antes das suas esculturas.

O MU.SA – Museu das Artes de Sintra tem patente a exposição “O Espaço ilimitado da pintura” obras da coleção de Nadir Afonso, que se insere nas comemorações do centenário do nascimento do pintor, datado de 4 dezembro de 1920. Grande parte das obras expostas são da coleção de Laura Afonso, viúva do pintor, e da Fundação Nadir Afonso. 

“Agricultores e Pastores da Pré-História – Testemunhos da Região de Sintra” é a mostra que está patente no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, onde se reúnem mais de 500 objetos que testemunham a densa ocupação humana de Sintra durante a Pré-história recente, ou seja, desde meados do 6.º milénio (Neolítico antigo) até finais do 3.º milénio A.C. (Calcolítico final).

A Galeria Municipal da Casa Mantero vai receber a exposição e instalação “Manifest”, de Clo Bourgard, patente até 2 de novembro.  Esta instalação artística tridimensional com espelhos em acrílico reflete as nossas próprias atitudes perante o desenvolvimento da sociedade, como nos vimos hoje, no presente e, como reagimos aos perigos da evolução do planeta.

Image