Image

Limpeza das faixas de gestão de combustível na Serra de Sintra já começou

web CMS 3402

Mais de 40 quilómetros de faixas de gestão de combustível na rede rodoviária nacional, que atravessa e circunda a Serra de Sintra, começaram já a ser limpas, fruto de uma união de esforços entre Câmara de Sintra, Parques de Sintra Monte da Lua e Insfraestruturas de Portugal. Tudo, para proteger a Serra dos incêndios florestais.

Para isso, as três instituições assinaram um protocolo, no dia 10 de maio, que representa, nas palavras do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, “um esforço extraordinário, como nunca foi feito, a nível nacional, na área da prevenção”.

O governante elogiou, ainda, “a colaboração e a disponibilidade” da autarquia e da Parques de Sintra Monte da Lua para “assegurar a redução de risco de incêndio, a melhoraria das acessibilidades, bem como propiciar a otimização das condições de segurança na circulação de veículos e a salvaguarda deste Património Mundial”.

Por seu lado, o presidente do município, Basílio Horta, referiu que é de “primordial importância que a floresta existente na Serra de Sintra seja defendida e que as faixas de gestão de combustível se encontrem limpas”.

“Fazemos na nossa Serra um trabalho de prevenção com uma atuação sistemática, com gente a fiscalizá-la 24 horas por dia”, sublinhou o autarca.

Incumbe, agora, à Infraestruturas de Portugal a execução dos trabalhos de limpeza de vegetação no âmbito das faixas de gestão de combustível nas estradas nacionais que atravessam e circundam a Serra de Sintra. São elas a N9-1, N247, N247-3, N247-4, N249 e N375.

  • web_CMS_3368.jpg
  • web_CMS_3378.jpg
  • web_CMS_3402.jpg
  • web_CMS_3405.jpg
  • web_CMS_3461.jpg
  • web_CMS_3481.jpg
  • web_CMS_3497.jpg

Image

Campanha "Sintra Chama" apela à limpeza de terrenos

Image
Image