Image

Beatas de Cigarro

O hábito de deitar o lixo para o chão ainda é uma prática comum, a beata de cigarro, em particular, é um resíduo geralmente assumido como inofensivo, ou seja, lixo não perigoso, e que rapidamente desaparece do ambiente, deixando de ser um problema.

Importa por isso mudar mentalidades e comportamentos informando a população do perigo real da beata de cigarro. 

A beata tem na sua composição cerca de 4.000 tóxicos, entre metais pesados e micropartículas, não são biodegradáveis e a sua decomposição não tem tempo limite; estes tóxicos são libertados para o ar, solo e água.

Para comprovar a sua toxicidade foram feitas experiências pelos investigadores que se debruçam sobre o problema e uma dessas experiências consistiu em deitar uma única beata de cigarro num litro de água com um peixe lá dentro, passado uma hora o peixe sucumbiu.

A beata de cigarro é um resíduo de pequenas dimensões que rapidamente desaparece da vista humana e por ser leve facilmente é arrastada pela ação da chuva e do vento iniciando o seu trajeto até ao mar.

Encaminhadas pelas sarjetas/coletores urbanos ou sumidouros para águas pluviais, as beatas são direcionadas para as ribeiras e rios até ao mar. Embora não atinjam o mar com o formato inicial, quando chegam aos oceanos já se transformaram em microplásticos entrando na cadeia alimentar marinha e na do ser humano.

É por essa razão que as beatas de cigarro são o principal resíduo presente nos oceanos e responsável pelos microplásticos. Deixam de ser visíveis mas os seus efeitos permanecem durante vários anos.

Paralelamente, também são o resíduo mais presente nos areais.

As beatas de cigarro quando lançadas para a estrada podem levar 12 anos a desintegrarem-se.

Segundo cálculos recentes, a cada minuto 6.945 beatas de cigarro são lançadas ao chão, muitas vezes diretamente para os coletores de pluviais, o que só vai encurtar o seu trajeto até ao oceano.

Os alertas multiplicam-se um pouco por todo o lado, cada um pode e deve fazer a diferença para terminar com este flagelo que nos afeta a todos, sensibilizar e informar é essencial para passar a mensagem.

Todos nós podemos colaborar na proteção/preservação do meio ambiente e na promoção da sustentabilidade ambiental!

Campanha "Sintra Chama" apela à limpeza de terrenos

Image
Image