Prémios Infante D. Henrique entregues a alunos de Sintra

A cerimónia de entrega dos Prémios Infante D. Henrique realizou-se no passado dia 14 de novembro, no Palácio de Valenças e destinou-se a homenagear 20 jovens voluntários da Escola Secundária Ferreira Dias.

A iniciativa contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, do fundador e presidente de Honra do Prémio, o Duque de Bragança, D. Duarte Pio, e do presidente executivo da associação do Prémio Infante D. Henrique, Miguel Horta e Costa, que distribuíram os diplomas e medalhas de prata e bronze pelos jovens estudantes. 

A celebrar 30 anos desde a fundação do Prémio Infante D. Henrique em Portugal, Basílio Horta destacou a sua importante tradição para o país e para Sintra, por ser um território educativo, lembrando que “é nos bancos das escolas que se deve aprender cidadania onde o poder precisa de estar ao lado das pessoas”. O autarca referiu ainda que “sem cultura não há liberdade, a cidadania forma cidadãos conscientes dos seus direitos e os seus valores são essenciais para uma comunidade equilibrada e estruturada”. 

Em Portugal existem mais de 32 escolas licenciadas a funcionar com o Prémio, dirigidos a todos os jovens entre os 14 e os 24 anos. O programa é composto por atividades voluntárias não competitivas que encorajam os jovens a desenvolverem-se como cidadãos ativos. Através do Prémio os voluntários adquirem competências essenciais para o seu percurso de vida, complementando assim a sua formação académica.

O Prémio Infante D. Henrique é a versão portuguesa de “The Duke of Edinburgh´s Award”, fundado na Grã-Bretanha em 1956, no qual já participaram mais de oito milhões de jovens em 130 países.

Image