Image

Secretário de Estado do Ambiente visitou orla costeira de Sintra

web DSC 8976

O Secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, realizou esta terça-feira uma visita às intervenções que estão a decorrer na orla costeira de Sintra.

O presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Nuno Lacasta, também esteve presente.

A visita teve início na praia da Adraga cuja intervenção consiste numa empreitada de estabilização das arribas norte e sul com o objetivo de minimizar os riscos nas arribas e, assim, melhorar as condições de segurança.

Na arriba sul já foi instalada a rede metálica de alta resistência reforçadas por cabos de aço associadas a pregagens, e na arriba norte prevê-se que fique concluída ate final de novembro.

A comitiva seguiu para a praia Grande onde já terminaram as obras. Os trabalhos visaram o aumento do grau de proteção contra o risco de galgamento oceânico e melhoraria na qualidade ambiental e urbana, bem como o acolhimento de forma sustentável e atrativa às atividades económicas e sociais existentes na frente de praia.

A intervenção consistiu na correção dos estragos no manto de enrocamento, passeio, escadas, rampas, muros, infraestruturas de iluminação pública e drenagem.

Nas Azenhas do Mar, visitou-se os trabalhos de consolidação da arriba sul que consistiram no preenchimento com betão das cavidades na arriba instável e revestimento com pedra e argamassa para minimizar o impacto visual da intervenção.

O estacionamento também foi reduzido, para que as pessoas possam desfrutar da vista e reduzir a carga dos veículos sobre a arriba.

A visita terminou na praia da Aguda onde ainda estão a decorrer os trabalhos de reabilitação do acesso de emergência à praia que consistem na remoção da estrutura em madeira ali existente e em risco rotura, reconstrução de algumas fundações e colocação de novo passadiço/escadaria com guarda-corpos em toda a extensão.

Para Basílio Horta todas estas obras, num valor total de cerca de 5 milhões de euros, “são uma importante questão de segurança de pessoas e bens”.

 

  • web_DSC_8936.jpg
  • web_DSC_8963.jpg
  • web_DSC_9014.jpg
  • web_DSC_9046.jpg
  • web_DSC_9050.jpg
  • web_DSC_9058.jpg
  • web_DSC_9074.jpg

Campanha "Sintra Chama" apela à limpeza de terrenos

Image
Image