Image

Reabilitação do Edifício Multiusos Cultural de Belas está a avançar

O antigo edifício do Rossio de Belas, localizado na zona histórica, está a ser alvo de reabilitação para dar lugar à instalação do Edifício Multiusos Cultural de Belas, num investimento de 468 mil euros.

Até ao momento, foram realizados trabalhos de limpeza do pavimento de modo a permitir o trabalho de catalogação dos vestígios arqueológicos existentes. Nos locais de inexistência de vestígios arqueológicos sem necessidade de catalogação, foram executadas valas para lintéis de fundação.

Com uma área de construção de 351 metros2 e prazo de execução de 7 meses, esta empreitada pretende transformar este espaço num equipamento de utilização coletiva de iniciativa municipal, em articulação com a União das Freguesias de Queluz e Belas.

O edifício está incluído na "Área de Reabilitação Urbana de Queluz-Belas" e na área definida para intervenção no âmbito do “Projeto Estruturante da Centralidade de Belas”.  Os trabalhos visam a recuperação do edifício, que se encontra em avançado estado de degradação, e a sua dotação com condições que permitam o seu funcionamento enquanto espaço polivalente.

A intervenção consiste na manutenção e conservação de elementos construtivos/decorativos originais - incluindo acompanhamento arqueológico, reforço das paredes exteriores, remoção total das coberturas e reconstrução das mesmas e a reformulação de todo o espaço interior para o adequar a espaço multiusos de cariz cultural, de forma a permitir a realização de eventos de diversas naturezas.

A entrada principal far-se-á pelo Piso 0 onde se encontra um hall, uma sala multiusos com capacidade para 100 lugares (94 + 6), instalações sanitárias e arrumos gerais. No Piso 1 ficarão localizados os camarins com bancada de maquilhagem, instalações sanitárias e duche e um espaço exterior coberto (varanda).