Lançado concurso público para requalificação da EN117 entre Queluz e Belas

 EN117 concurso

Foi lançado o concurso público para a obra de requalificação do troço da EN117 entre Queluz e Belas foi publicada, na última segunda-feira, em Diário da República.

Para Basílio Horta “este é mais um passo para resolver-se a situação da EN117, que muito nos tem preocupado. Agora falta começar a obra que vai beneficiar os munícipes e resolver um problema que se tem arrastado durante muitos anos”.

O protocolo para a requalificação do referido troço da EN117 foi assinado, em Sintra, em  Abril do corrente  ano, pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta e o presidente do Conselho de Administração Executivo das Infraestruturas de Portugal, em exercício naquela data, António Ramalho. Na cerimónia esteve também o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme D´Oliveira Martins que homologou o protocolo.

O projeto de requalificação daquele troço tem o valor de aproximadamente 2,4 milhões de euros. Apesar de as Infraestruturas de Portugal (IP) desenvolverem o projeto, o município de Sintra investe cerca de 1 milhão de euros em “obras de construção de passeios e da ciclovia, que têm o custo inicial estimado de 82 mil euros, e obras de substituição da conduta de abastecimento de água e respetivos ramais, que tem o custo inicial estimado de 1milhão e trinta e quatro mil euros”, menciona o protocolo.

O início das obras está previsto dentro de 7 meses. 


Imprimir