Image

MU.SA recebe conferência “Curadoria e Obra de Nadir Afonso”

“Curadoria e Obra de Nadir Afonso” é o tema da segunda conferência integrada na exposição “O Espaço Ilimitado da Pintura – Obras de Nadir Afonso”, a decorrer no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, que se realiza no dia 26 de outubro, às 16h00.

Esta conferência terá como oradores Adelaide Ginga, curadora do Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, Laura Afonso, presidente da Fundação Nadir Afonso e Bernardo Pinto de Almeida, curador desta exposição, professor catedrático, historiador de arte, poeta e ensaísta.

Uma exposição não é apenas um conjunto de obras de arte produzidas por determinado artista e expostas num determinado espaço. Uma exposição é uma performance, é a criação de um raciocínio, sendo, no séc. XXI, o meio que dá a ver e conhecer a Arte Contemporânea.

Atualmente a curadoria de arte contemporânea desempenha um papel central na promoção da criação artística, sendo também um importante contributo para uma exposição, enquanto dispositivo demostrativo da obra de arte.

O papel do curador evoluiu, do tradicional curador de museus, responsável pelas exposições, para o organizador do conceito do grande evento, tentado a mediar entre o sistema tradicional validado pelos historiadores da arte e as novas ideias e práticas que este tipo de evento requer.

O curador tem de ser capaz, na sua prática curatorial, de produzir diferentes formas relativas ao conhecimento, interligando a história, a cultura e a prática artística.

É essencial entender as suas funções para conseguir olhar para uma exposição e entender o que é apresentado, desde o início de todo o processo.

MU.SA – Museu das Artes de Sintra
Av. Heliodoro Salgado, Estefânia
2710-575 SINTRA