Marcelo Rebelo de Sousa visitou Unidade de Pedopsiquiatria do Centro de Saúde de Queluz

No âmbito do Dia Mundial da Saúde Mental, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa visitou esta quarta-feira a Unidade de Pedopsiquiatria do Centro de Saúde de Queluz.


Inaugurada em dezembro de 2017, esta unidade dispõe de salas de consulta, espaços de terapia e locais de atendimento para os mais novos, onde, de acordo com o que as suas patologias exigem, passam a ter um acompanhamento mais eficaz por parte dos técnicos e médicos do Hospital Fernando Fonseca.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “esta é uma estrutura de excelência, integrada na comunidade, que devia ser multiplicada por todo o país" e fez um apelo duplo declarando que "Portugal não pode continuar a ser dos países nomeadamente da Europa com piores indicadores" nesta matéria.

"O primeiro apelo é aos políticos, todos eles, deste momento e do futuro: que olhem mais para a saúde mental. Eu sei que os recursos são escassos e que há muitos desafios no domínio da saúde, mas a saúde mental é fundamental. É fundamental e quanto mais cedo se começar melhores são os resultados obtidos", afirmou.

"O segundo apelo é às portuguesas e aos portugueses, porque naturalmente que os políticos darão maior importância se os portugueses derem maior importância".

Acompanhado pelo vereador da Câmara Municipal de Sintra, Eduardo Quinta Nova, pela diretora Geral de Saúde, Graça Freitas, pelo presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), Luís Pisco, pelo presidente do Conselho de Administração do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, Francisco Velez Roxo, pela presidente da ACES Sintra, Maria Clara Pais, e pela diretora do Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, Teresa Maia, o Presidente da República visitou as salas onde decorrem as atividades com crianças e com adolescentes.

A Unidade de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Hospital Fernando Fonseca representa um modelo de boas práticas em saúde mental ao oferecer respostas terapêuticas diferenciadas num espaço que pretende ser de ligação do hospital à comunidade e aos cuidados de saúde primários e acessível à população.

O Centro de Saúde de Queluz foi construído pela pela autarquia de Sintra num investimento superior a 1 milhão e 100 mil euros, com financiamento de 70% da Administração Central e 30% da autarquia que cedeu também o terreno e foi responsável pelo projeto e pela obra.

A unidade de saúde, inaugurada em dezembro de 2017, abrange cercas 30 mil utentes e engloba a primeira unidade de pedopsiquiatria do concelho de Sintra.

Ver mais informação sobre o projeto cofinanciado http://www.cm-sintra.pt/portugal-2020#instalação-da-unidade-de-saúde-de-queluz